0item(s)

Nenhum produto no carrinho.

Product was successfully added to your shopping cart.
A Abolição do Homem - C. S. Lewis

A Abolição do Homem - C. S. Lewis

Preço: R$39,90

Preço Especial R$32,90

(Em estoque)

  • A Abolição do Homem - C. S. Lewis A Abolição do Homem - C. S. Lewis

A Abolição do Homem - C. S. Lewis

Cód. do Produto: THOMAS0159

Seja o primeiro a avaliar este produto

Descrição Rápida

Edição Especial – Surpreendente e Profético – A Abolição do Homem.
Editora: Thomas Nelson – Autor: C. S. Lewis – Capa: Brochura Ilustrada – Tamanho: 14.0x21.5cm

Disponível: Apenas 1 em estoque



Preço: R$39,90

Preço Promocional: R$32,90


Você economiza: R$7,00 (18%)

Opções Adicionais

Simule o prazo de entrega do seu pedido:

Digite seu CEP:

Detalhes

Descrição do Livro

 

A Abolição do Homem - C. S. Lewis

 

Clive Staples Lewis, escritor, professor universitário, teólogo anglicano, poeta e crítico literário, é sempre surpreendente e profético em seus livros. Entre suas obras destaca-se, A Abolição do Homem, um dos seus livros mais debatidos. Nas poucas, porém densas páginas desta obra, o célebre autor britânico defende a moralidade absoluta e os valores universais, como o altruísmo, a caridade e o amor, além de expor as consequências da falta desses princípios na sociedade.

Criticando os argumentos dos relativistas, a obra – agora em edição especial – alerta para os perigos de questionar os valores morais objetivos, comuns a todos, sem os quais os seres humanos correm o risco de perder a humanidade. Com bases sólidas e profundas, Lewis mostra que a tentativa de abolir a moralidade equivale, no fim, a abolir o próprio homem, e convida os leitores a não se render à tendência relativista que permeia a sociedade contemporânea. 

Sobre C. S. Lewis

Clive Staples Lewis, mais conhecido como C. S. Lewis nasceu em Belfast, Irlanda em 29 de novembro de 1898. Escritor, professor universitário, teólogo anglicano, poeta e crítico literário, Lewis cresceu no meio dos livros da seleta biblioteca particular de sua família, criando nesta atmosfera cultural um mundo todo próprio, dominado por sua fértil imaginação e criatividade. Foi professor de Literatura Medieval e Renascentista na Universidade de Cambridge. Tornou-se altamente respeitado neste campo de estudo em toda a Europa, tanto como professor quanto como escritor. Seu livro “A Alegoria do Amor: um Estudo da Tradição Medieval”, publicado em 1936, é considerado por muitos o seu mais importante trabalho, pelo qual ganhou o prêmio Gollansz Memorial de Literatura. Lewis notabilizou-se por uma inteligência privilegiada, e por um estilo espirituoso e imaginativo. "O Regresso do Peregrino", publicado em 1933, "O Problema do Sofrimento"(1940), "Milagres" (1947), e "Cartas de um diabo ao seu aprendiz" (1942), são provavelmente suas obras mais conhecidas. Escreveu também uma trilogia de ficção científico-religiosa, conhecida como a "Trilogia Espacial": "Além do Planeta Silencioso" (1938), "Perelandra" (1943), e "Aquela Força Medonha" (1945). Para crianças, escreveu uma série de fábulas, começando com "O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa" em 1950. Sua autobiografia, "Surpreendido pela Alegria", foi publicada em 1955. CS Lewis morreu em 22 de novembro de 1963 – Oxford – Inglaterra, no mesmo dia de Aldous Huxley, e o presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy. A coincidência serviu como pano de fundo para o livro “O Diálogo – Um Debate Além da Morte entre John F. Kennedy, C. S. Lewis e Aldous Huxley”, de Peter Kreeft, onde os três personagens, representando o teísmo ocidental (Lewis), o humanismo ocidental (Kennedy) e o panteísmo oriental (Huxley), discutem sobre religião e cristianismo.

Informação Adicional

NomeA Abolição do Homem - C. S. Lewis
EditoraThomas Nelson
ISBN9788578601898
Páginas123
TraduçãoNão
Tamanho14 x 21,5 cm
AutorC. S. Lewis
Peso (em Kg)0.3200
Tipo de CapaBrochura
Frete GrátisNão
PreçoR$39,90
Intelipost Prazo do ProdutoNão
  1. Seja o primeiro a avaliar este produto

Queremos saber sua opinião

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se